28/03/2021 às 12:08 Curiosidades Para pais

4 Dicas de Como Armazenar Suas Fotos

108
4min de leitura

4 Dicas de Como Armazenar Suas Fotos

Começo esse texto lembrando que estamos em uma geração em que todos (ou quase todos) possuem celulares com câmeras fotográficas, uma indústria de selfies e que, quando vão adquirir um novo celular, buscam saber a qualidade da foto e a capacidade do aparelho, mas esquecem que o equipamento pode parar de funcionar de uma hora para outra ou a capacidade de memória acabar.

Estamos passando por um momento diferente, difícil, mas conseguimos pensar sobre algumas coisas que, na correria poderiam passar despercebidas. E em um desses momentos de reflexão pensei: se eu tiver todas as minhas fotos no celular, algo der errado (roubo, quebra, vírus) e eu perder todas as memórias que estavam ali, como eu me sentiria? O que eu faria?

A única resposta que consegui pensar foi: Eu me sentiria arrasado e arrependido, eu provavelmente choraria. Sei que pessoas já passaram por isso, por esse motivo é muito importante guardar as fotos, em lugares diferentes e de maneiras diferentes.

Para ajudar vocês a não passar por essa experiência, vou compartilhar 4 dicas simples que tirarão um peso enorme das suas costas, armazenando de forma correta seus arquivos fotográficos.

Então vamos para as dicas.

Dica 1 – Na era digital, imprima suas fotos.

Vivemos em uma época onde a grande parte das fotografias são feitas por máquinas fotográficas digitais ou celulares, gerando arquivos digitais, porém vamos lembrar que o resultado final da fotografia sempre foi a fotografia impressa e hoje não é diferente. A emoção de ver uma foto impressa é única. Quando você armazena suas fotos também impressas você não depende exclusivamente dos meios eletrônicos para visualizar as fotos.

Mas cuidado, não armazene as imagens somente na forma impressa, mas tenha arquivos de dois tipos (digitais e impressas).

Dica 2 – Considere suas fotografias como um tesouro.

Geralmente tudo o que temos de valor nós guardamos em um lugar especial, com condições adequadas para não se deteriorar com o tempo. Quando falamos de fotografia, mal fazemos um backup, muitas vezes só lembramos do valor delas quando as perdemos.

Eu imagino o quanto me será valioso as fotos das minhas filhas bebês daqui 1, 5 ou 10 anos, não terão preço. Então tome cuidado com as condições físicas, climáticas ou de segurança de armazenamento.

Nada mais triste de ver como um álbum de fotos esquecido em um armário embolorado, ou um DVD usado como um descanso de copo, ou ainda todas as suas memórias fotográficas em seu celular, que você está levando para um evento com alguns casos de furtos já registrados.

Dica 3 – Tenha um backup físico.

Primeiro precisamos entender que memória do seu computador ou do seu celular não é um backup.

Backup é um termo americano que significa uma cópia de segurança, ou seja, é a criação de uma cópia em local seguro que pode ser acessado em caso de perda dos arquivos originais.

Quando você salva em um dispositivo físico como um HD externo, ele ficará guardado de forma segura, que só acessaremos para fazer mais backups ou acessar quando necessário.

Dica 4 – Use (e abuse) das nuvens (HD virtual)

Além do backup físico, que mesmo mais seguro, pode dar algum problema técnico, considere a opção de salvar uma cópia de segurança em nuvens de armazenamento.

Estamos em um momento da era da informação que podemos guardar documentos de forma online, sem ocupar espaço físico em sua casa, sem contar os ótimos preços para adquirir esses espaços online.

Dica extra – Compactar arquivos Jpeg diminuindo seu tamanho e sem perder qualidade.

Optando por Backups de fotografias digitais você irá se deparar com um problema: o tamanho que essas fotografias ocupam nos HDs e Nuvens.

Um dos meus programas favoritos na área da fotografia é um compactador de arquivos JPEGs, que diminui muito o espaço de armazenamento sem perder nada de qualidade. Não me peça para explicar como ele faz isso, pois eu não sei, mas sei que ele faz milagres. Esse programa se chama Jpeg Mini e vale cada centavo na economia de espaço dos arquivos.

Com memórias não se pode descuidar, afinal elas são muito importantes para a nossa história. São registros que muitas vezes não voltam mais, servem como ativadores de lembranças e sentimentos, recorda uma fase da vida, ou alguém que já não está mais aqui, são horas e horas de observação, sorrisos, lágrimas e lembranças, e isso não tem preço.

Então, tenha mais de um tipo de backup de seus arquivos fotográficos, utilize desde os clássicos álbuns, até os armazenamentos virtuais. O importante é não perder esses registros, pois eles são como as memórias e costumes, se bem cuidados, passarão de geração para geração.

Se você se interessou por formas de backup comente aqui em baixo ou clique AQUI e vamos trocar algumas ideias.

Se você quer ver mais textos como esse, clique AQUI. Se quiser conhecer um pouco mais do meu trabalho clique AQUI ou AQUI.

28 Mar 2021

4 Dicas de Como Armazenar Suas Fotos

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL

Tags

armazenamentodefotos ensaiofotografico fotografia fotografiadefamilia

Quem viu também curtiu

04 de Mar de 2019

Dicas Para O Ensaio Fotográfico Perfeito

29 de Mai de 2019

Alívio do Stress (Pré Casamento) Por Meio dos Alimentos

07 de Mai de 2019

3 motivos para você não contratar um fotógrafo!