07/03/2021 às 17:52 Curiosidades Para noivas

Diferença Entre Posar e Direcionar Uma Pessoa

134
3min de leitura

Diferença Entre Posar e Direcionar Uma Pessoa

Antes de definir a diferença entre posar uma pessoa ou direcioná-la durante o ensaio é importante entender como as poses eram utilizadas.

Antes da invenção da fotografia, a forma de retratar o cotidiano ou as pessoas era através da pintura, mas para que alguém fosse retratado com todos os seus detalhes era necessário que o modelo ficasse muito tempo na mesma posição (lembra da cena de Titanic? O Jack pintando a Rose com a joia do Infinito, opa, misturei os filmes).

O fato do modelo precisar ficar muito tempo na mesma posição poderia causar desconforto, dores e até prejudicar o resultado final.

Com o passar do tempo, foram criadas as máquinas fotográficas, um grande avanço tecnológico, mas ainda era preciso que a pessoa a ser fotografada ficasse estática para que não parecesse um fantasma quando a imagem fosse revelada. Sem contar que, por causa do processo ser todo analógico, só veríamos o resultado muito depois, então, para garantir uma foto focada e não tremida, precisava muita atenção e orientação para que o modelo não se mexesse.

Logo, podemos concluir que a pose era um recurso para melhorar a qualidade das pinturas e das fotos em seu início. Porém, será que hoje em dia uma foto posada é sinônimo de qualidade artística?

Antes de responder essa pergunta, vamos definir os conceitos de posar e direcionar:

Posar: Ficar imóvel numa determinada posição, para que lhe retratem.

Direcionar: Encaminhar alguma coisa ou alguém para; orientar em determinada direção; dirigir, conduzir ou rumar.

A própria definição já mostra um dos pontos principais do ato de direcionar uma pessoa no processo fotográfico: dirigir/conduzir.

Geralmente as pessoas fotografadas têm pouca ou nenhuma experiência com ensaios fotográficos profissionais, de modo que não são a melhor opção para assumir a responsabilidade de fazer fluir o ensaio.

Muitos fotógrafos tentam fugir desta responsabilidade, mas não tem jeito, o profissional tem que ser aquele que conduz as ações, pois é responsável pelo resultado final, ou seja, é responsável pela qualidade técnica e artística do ensaio fotográfico.

Vocês já devem ter percebido que acredito no direcionamento das pessoas que vão ser fotografadas. Para isso eu converso com as pessoas a serem fotografadas, conheço um pouco dos seus gostos e história, entendo o limite que podemos ter nas fotos. Depois posiciono a(s) pessoa(s) na foto e explico o que quero que faça(m), dando liberdade para que, quando desejado, acrescente(m) ideias e movimentos, dando ação à foto.

Em outras palavras, eu utilizo a pose como gatilho inicial, uma base, para que sirva de ponto inicial para criação e movimentação da fotografia, evitando algo estático.

O direcionamento ajuda a entender como o modelo mais se sente à vontade, dando fluência às imagens, tornando o ensaio mais divertido e leve, além de trazer conexão ao ambiente e tudo que nos cerca.

O direcionamento torna a experiência de ser fotografado única e menos difícil, trazendo resultados lindos e especiais. Para muitos casais, que estão na correria dos preparativos do casamento, torna o momento uma oportunidade de renovar as conexões, relembrando os reais motivos de querer estar junto da pessoa que ama.

Por outro lado, faz o fotógrafo sair da zona de conforto, buscar sempre um resultado melhor, pois evidencia sua responsabilidade. Esse esforço a mais feito pelo fotógrafo tem que ser visto como ponto positivo em sua percepção artística e profissional, não há nada pior que um profissional preguiçoso, conformado e parado no tempo.

Enfim, o posicionamento do fotografado é necessário para servir como ponto de partida e apenas isso; a participação ativa durante o ensaio fotográfico do profissional é extremamente importante para que haja direção e criação de novas composições, diferentes perspectivas e liberdade de interação entre modelos e fotógrafo.

Caso queira ter um registro fotográfico emocionante, uma experiência fotográfica com o direcionamento de um profissional, CLIQUE AQUI, para conhecer mais meu trabalho clique AQUI ou AQUI.

E para ver os Posts anteriores, é só clicar AQUI.

Dicas para ensaios fotográficos de casal, AQUI.

07 Mar 2021

Diferença Entre Posar e Direcionar Uma Pessoa

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL

Tags

casamento casamento2021 ensaiodecasal ensaiofotografico fotografia jrfurquim jrfurquimfotografia noivado noivosrp noivossp

Quem viu também curtiu

31 de Mai de 2020

5 Ideias Para seu Ensaio de Casal

18 de Fev de 2019

4 momentos emocionantes e únicos que já vivi em casamento

04 de Mar de 2019

Dicas Para O Ensaio Fotográfico Perfeito