23/03/2019 às 10:51 Curiosidades Para noivas

Lua de Mel Sem Entrar no Vermelho

207
5min de leitura

Lua de Mel Sem Entrar no Vermelho

Sou suspeito para falar de viagens, ainda mais sobre Lua de Mel, afinal foi na minha própria Lua de Mel que se revelou a minha paixão pela fotografia (mas isso é uma outra história).

A Lua de Mel, geralmente, é uma viagem que auxiliará o casal a se conhecer melhor em um ambiente novo, de descobertas. Mas a Lua de Mel também é aquele momento que não pensamos muito em economizar, afinal é a nossa chance de conhecer um local novo que, na nossa mente, provavelmente não iremos voltar tão cedo.

Porém, com calma, existem formas de economizar, e esse post é para isso mesmo.

Veja 5 dicas para arrasar em sua viagem de Lua de Mel sem entrar no vermelho.

Dica 1 - Planejamento

O planejamento antecipado sempre auxilia você a comprar passagens ou reservar hotéis com um preço mais em conta. Lembre-se que o turismo funciona pela lei da oferta e da procura, ou seja, se há muitos locais ocupados na época, maior a chance de você pagar mais caro.

Veja as passagens com antecedência, pois assim você pode pegar uma melhor oportunidade de pagamento, sem afetar muito o seu planejamento financeiro para o casamento.

Ah, e não esqueça de periodicamente apagar o histórico de procura e de “cookies” do seu navegador, pois os sites tem um mecanismo que param de enviar ofertas quando seu IP esteve logado a pouco tempo nesses sites de procura de voos e estadias.

Dica 2 - Monte seus próprios passeios

Para que economize dessa forma, você precisa estudar o local para onde vai viajar e gastar um tempinho lendo blogs de viagem. Alguns dão dicas muito importantes, como opções de passeio bem mais em conta. Você não conseguirá economizar em todos os passeios, mas imagine que na metade dos passeios você teve uma economia legal, isso significa que poderá voltar com dinheiro ou remanejar esses valores para serem gastos em outras coisas.

Em minha última viagem, fui para Cusco, onde conseguimos fazer passeios indo de táxi e comprando os tickets de entrada por conta própria, economizando assim cerca de 60% em comparação as agências de viagem, porém, como estávamos com o tempo curto, para fazer a Montanha das 7 Cores, necessitamos orçar com algumas empresas, pois era uma trilha distante e uma subida bem desgastante na altitude aproximadamente 5.000 metros acima do nível do mar, o que me causou certa preocupação para a volta, pois não sabia se iria sofrer com o mal da altitude (soroche). 

Dica extra muito útil, não se esqueça de pechinchar, em alguns locais e países é uma prática extremamente comum. Com a pechincha ainda conseguimos um ótimo preço.

Dica 3 - Resolva seu foco da Lua de Mel

Na minha Lua de Mel eu queria fazer tudo, acabei complicando algo que era super fácil de resolver. Como resolver isso? Coloque em um papel sua lista de prioridades na viagem, em ordem de importância. Assim você terá uma visão melhor do que você quer.

Vou dar o meu exemplo, a minha prioridade em uma viagem é: Conhecer os pontos turísticos e passeios, conhecer a cultura local, Estadia, Alimentação, Lembrancinhas, Compras. Dessa forma sei que não preciso ficar em um hotel 5 estrelas, mas um 3 ou 4 estrelas me atende muito bem, se já estiver incluso o café da manhã, melhor ainda. Se o seu foco é um tour gastronômico, você poderá abrir mão de outras coisas. Veja suas prioridades e seja feliz.

Dica 4 - Não compre no impulso

Durante o tempo da Lua de Mel, podemos ficar tentados a comprar diversas coisas que depois percebemos que não são muito úteis, por isso, quando formos comprar roupas ou objetos na Lua de Mel, pense bem para saber se terão utilidade, ao menos para decoração, ou para usos ocasionais.

Quantas vezes você comprou algo que não tinha utilidade e depois se desfez ou perdeu, pois, só acumulava pó ou atrapalhava seu espaço? Quer colecionar algo de suas viagens, pense em coisas que sirvam para decoração ou tenham outra função, mas mais que isso, que você já tenha um local disponível e à mostra, para que te anime e lembre das suas viagens. Agora, aqueles cacarecos que só te darão dor de cabeça e ocuparão sua mala na viagem de volta, não compre, você economiza e fica feliz.

Eu sempre me faço 3 perguntas quando fico animado em comprar algo na viagem: Isso tem onde eu moro? Eu poderia gastar esse valor em outra coisa que gosto mais? Isso teria uma finalidade?

Se depois que você fizer estas três perguntas e estiver decidido a comprar, compre. Caso tenha dúvida, não se preocupe, você irá superar e até esquecerá dessa sua dúvida depois.

Dica 5 - Não seja enganado por desconhecidos

Pessoas oportunistas estão em vários locais, à espera de turistas desavisados e desatentos, muitas vezes deslumbrados com tanta informação que estão visualizando.

Não troque dinheiro em locais suspeitos, há vários sites de viagem dando dicas dos melhores lugares, mas a minha dica aqui é, não se pegue em economizar centavos, procure a melhor cotação em um lugar de confiança, uma casa de câmbio no local onde você está, não troque dinheiro na rua, a chance de alguma das notas serem falsas é real. Sempre pergunte no hotel ou comércio onde tem casas de câmbio confiáveis e com um preço justo, eles te informarão com o maior prazer.

Se você andar de táxi no local, veja se precisa combinar o valor antes (alguns países têm esse costume), ou ainda ande sempre com o celular com o Google Maps ou Waze ligados (caso tenha pacote de dados disponível).

Quando algo estiver extremamente barato, cuidado, pode ser cilada. Se for passeio ou hotel, veja as recomendações, pesquise em mais lugares, veja as opiniões, pergunte para pessoas em fóruns de discussão na internet ou amigos que já viajaram para o local onde você está indo.

Achar ofertas sempre é prazeroso, mas utilize a razão, nada é de graça e busque pagar um valor justo. Procure muitas avaliações, pois há passeios que a comodidade significa segurança e tranquilidade, e isso também é muito importante.

E você, tem mais alguma dica?

Gostou do post, comenta abaixo e dá um like!

Mas lembre-se, Lua de Mel é para aproveitar com o seu cônjuge, ou seja, alguns gastos não podem atrapalhar a alegria e o prazer de estar junto à pessoa que amamos.

Se programe, fique atento e aproveite, será uma viagem inesquecível!

Para outras dicas de casamento, fique atento aos próximos posts.

Quer fazer um ensaio fotográfico pós casamento? Fale comigo!

23 Mar 2019

Lua de Mel Sem Entrar no Vermelho

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL

Quem viu também curtiu

31 de Mai de 2020

5 Ideias Para seu Ensaio de Casal

18 de Fev de 2019

4 momentos emocionantes e únicos que já vivi em casamento

04 de Mar de 2019

Dicas Para O Ensaio Fotográfico Perfeito